Manual  

   
   
   

Lojas de artigos de varias origens, vendidos sem (ou com menos) impostos, destinados ao consumo de passageiros que estão para embarcar ou acabaram de desembarcar.

Você pode pagar esses produtos em dólar, cheques de viagem, na moeda do pais ou cartão de credito internacional, mas o troco é dado na moeda do pais. Para realizar as compras é necessário apresentar o passaporte e o cartão de embarque.


COTAS E DIREITOS DE COMPRA
 

Embarque: Não há cota para o embarque. Neste caso, suas compras estão dentro da cota do exterior, que não considera roupas e objetos de uso pessoal. Recomendamos a consulta dos limites alfandegários do seu país de destino.

Desembarques: O valor máximo de compra por passageiro é US$500.00, utilizados em uma única nota de venda.

Limites para a quantidade de produtos por passageiro/passaporte:

  • 24 garrafas de bebidas alcoólicas, com quantidade máxima de 12 unidades por categoria. (por exemplo: 12 vinhos, 12 whiskies, etc.)*
  • 20 maços de cigarros de fabricação estrangeira (total de 400 unidades).**
  • 25 unidades de charutos ou cigarrilhas.**
  • 250g de fumo preparado para cachimbo.**
  • 10 produtos de perfumaria (perfumes e cosméticos).
  • 3 unidades de relógios, brinquedos, jogos ou instrumentos elétricos ou eletrônicos.

* Menenores de 18 anos, mesmo acompanhados, não podem comprar bebidas alcoólicas ou artigos de tabacaria.

** Produtos de tabacaria não podem ser reservados pelo site

 

Novas Regras Internacionais para transporte de líquidos na Bagagem de Mão
 

Em atendimento à recomendação da Organização Internacional de Aviação Civil (OACI), e seguindo determinação da ANAC – Agência Nacional de Aviação Civil - para o transporte de substâncias líquidas, em bagagens de mão, incluindo gel, pasta, creme, aerosol e similares, em vôos internacionais, inclusive em seus textos domésticos ou que utilizem o salão de Embarque destinados a vôos internacionais, estarão sujeitos às seguintes condições:

  • Todos os líquidos devem estar em frascos individuais com capacidade de até 100ml;
  • Todos os frascos devem estar acondicionados em uma embalagem plástica transparente, vedada, com capacidade máxima de 1 litro ou até 20cm x 20cm, que deve ser apresentada durante a inspeção de embarque;
  • Medicamentos que precise ser consumidos durante o vôo, deverão estar acompanhados de receitas médicas;
  • Alimentos de bebês ou líquidos de dietas especiais serem consumidos durante o vôo, devem ser apresentados durante a inspeção de bagagem;
  • Líquidos adquiridos em “free shops” podem exceder os limites acima, desde que dispostos em embalagens plásticas seladas e com o recibo de compra com a data de início do vôo. Esta medida não garante a aceitação da embalagem em outros países.


Recomendamos a consulta dos limites alfandegários do seu país de destino, para evitar contratempos no desembarque.
Fonte Infraero.

 
Regulamentos Alfandegários
 
As sacolas e embalagens Duty Free Dufry, uma vez lacradas, não podem ser abertas antes de deixar o aeroporto. Os produtos adquiridos no Duty Free Dufry são para uso pessoal e não podem ser comercializados posteriormente.
 
 
Normas da Receita Federal

O viajante procedente do exterior, que ingressar no país por via aérea, esta isento de impostos relativos a:

  • Roupas e objetos de uso pessoal em quantidade compatíveis com duração e finalidade de sua viagem
  • Livros e periódicos;
  • Quaisquer objetos, até o limite total de US$ 500,00

 

Outras lembranças: este limite é individual e intransferível e o valor da aquisição dos artigos de vestuário e acessórios inclui-se no limite de isenção.

 
Bens a Declarar

Todo viajante vindo do exterior deve apresentar à Receita Federal sua Declaração de Bagagem Acompanhada (DBA) que será entregue no avião. Quando a cota do exterior (US$500,00) for ultrapassada, o tributo sobre o valor excedente será calculado incidindo a alíquota única de 50%.

A alfândega brasileira é especialmente rigorosa com relação a bebidas, perfumes, cosméticos e aparelhos eletrônicos, é recomendado que esses produtos sejam comprados no free-shop do Brasil.

   
© TRAVELMAN